Jaime Neto | desenvolvimento para web

CAT | PHP


O PHP vem evoluindo muito desde sua criação, principalmente nas últimas versões, que vêm incorporando os mais modernos conceitos no que diz respeito ao desenvolvimento de software. Uma das funcionalidades básicas, e que também vem trazendo evoluções, é o operador ternário. Vamos dar uma olhada nas formas que temos de utilizá-lo e entender a diferença entre elas.

(mais…)

·

jun/17

5

Usando o operador spaceship do PHP7


Pra quem ainda não está familiarizado com esse novo operador do PHP7, o spaceship, eis um resumo de sua funcionalidade: ele serve pra comparar dois valores, e saber se o primeiro operando é menor, igual ou maior que o segundo. Ou seja, ele junta os operadores <, == e > num só, formando <=>. Vejamos como seria fazer essas três comparações sem esse operador:

(mais…)

·

maio/17

29

Classe PHP para países


Não raramente precisamos trabalhar com países em nossos sistemas. Então, vou deixar aqui uma classe PHP já pronta pra isso, com suporte a internacionalização, inclusive.
Deixei a classe já com os países em inglês e português, quem precisar pode adicionar outros países, caso necessário.
Também adicionei dois métodos estáticos para buscar o nome pelo código do país, e o contrário também. O motivo de ter criado como métodos estáticos é apenas por questões práticas, pois assim não é necessário instanciar a classe antes de usá-la.

(mais…)

No tags

maio/17

22

Converter URLs em links


Digamos que você tenha um grande texto e quer usá-lo no seu site, e que no meio do texto tem URLs para outros sites. Você quer que o usuário possa clicar neles e serem direcionados para o endereço em questão. Ou seja, transformar as URLs em links.

Eis abaixo a função em PHP para fazer essa conversão:

(mais…)

No tags

maio/17

17

Converter CamelCase e snake_case


Algumas vezes precisamos converter textos em CamelCase para snake_case, ou o contrário. Por exemplo, digamos que você use o nome dos atributos de uma classe em camelCase e os campos da tabela em camel_case, e em algum momento do seu código você precise converter esses nomes. Então, eis as funções PHP que você precisa para essas conversões:

(mais…)

No tags


Neste sábado (08 de Abril de 2017) aconteceu o 1º Meetup PHP-PB 2017 em João Pessoa/PB. Fui convidado para dar uma palestra sobre Phalcon Framework, e o tema que apresentei foi “Performance de verdade com Phalcon Framework”.

(mais…)

No tags


Neste sábado, 09 de Março de 2013, apresentei uma palestra online via Google Hang Out falando sobre minha experiência ao tirar a certificação Zend Framework.

ProPHP

Para quem tiver interesse, o vídeo pode ser visto logo abaixo, ou na página do PHP-PB (php-pb.net). E disponibilizei os slides da palestra no meu slideshare: http://www.slideshare.net/jaimecpn.
Link direto para esta palestra: http://www.slideshare.net/jaimecpn/certificao-zend-framework.

(mais…)

·


Imagine a seguinte situação: você precisa fazer uma consulta numa tabela que tem muitos registros e, portanto, precisa fazer paginação do resultado. Ok até aí, é só criar um Zend_Db_Select e usar ele como parâmetro para um Zend_Paginator. Porém, na hora de iterar sobre o getItems() do paginator, você estará trabalhando com um array em vez de trabalhar com um objeto da sua classe modelo. O que fazer? Bom… você pode pegar todos os resultados, jogar num foreach e converter no objeto em questão, correto? Mas pra todo objeto vai ter que fazer isso de forma repetida… E agora?

Eis minha sugestão: Vamos criar um novo adapter para Zend_Paginator que é uma variação do Zend_Paginator_Adapter_DbSelect. A diferença é que esse adapter recebe um parâmetro adicional no construtor com o nome da classe modelo que você deseja como retorno na paginação.

(mais…)

·


Recebi o certificado ZFNo dia 27 de novembro, fiz a prova de certificação de Zend Framework. Venho agora compartilhar com vocês minha experiência e dar umas dicas de como estudar para os que estiverem interessados em fazer também.

Algumas pessoas talvez se perguntem “Por quê fazer uma prova de certificação?”. Há bons motivos para isso. Além de uma realização pessoal, que é o motivo que leva muita gente a fazer (acredite!), uma prova de certificação significa que a empresa que criou ou é responsável por uma linguagem/aplicação/ferramenta garante que você sabe utilizá-la bem, e isso é válido mundialmente. No mínimo é um grande diferencial no seu currículo, que poderá ter nele o selo oficial da certificação (esse que se encontra no site na coluna direita, acima). (mais…)


Nesta segunda-feira (26 de Novembro de 2012) deu-se início à VIII Semana da Computação da UFPB em João Pessoa/PB. Fui convidado para dar uma palestra sobre Zend Framework, e o tema que apresentei foi “Conhecendo o Zend Framework”.

Conhecendo o Zend Framework

(mais…)

· · ·

Older posts >>

Theme Design by devolux.nh2.me